quarta-feira, 20 de junho de 2018

SOMBRA E BRUXARIA - TUDO O QUE VOCÊ SEMPRE QUIS SABER SOBRE A SOMBRA



Há um tempo atrás algumas pessoas bateram na minha porta pedindo iniciação e dentre elas, uma em especial me chamou atenção logo de cara porque eu li na alma dessa pessoa que ela só tava buscando poder. Bem, eu dei a ela o que ela buscava, aquilo que ela queria, a tal iniciação. Justamente para que ela pudesse se tornar cônscio de sua jornada e de seu juramento, dado o poder da palavra.

Logo que eu dei a iniciação a esse rapaz, ele não hesitou em descontinuar o pacto de trabalhar junto ao covine por no mínimo 5 anos para que a tradição lhe fosse ensinada em sua plenitude e, ele partiu para o candomblé, inconsciente de sua busca e ânsia pelo poder, pelo reconhecimento e pelo status (a armadilha do ego). Infelizmente ele não ficou no Covine em tempo suficiente para aprender a enxergar como um real Bruxo Iniciado vê o mundo e ele não pode espelhar sua situação do ponto de vista do mestre que o estava ensinando. Como um mero mortal partiu para sua próxima iniciação sem considerar o que isso traria a ele, as consequências e ordálias.

Sempre após uma iniciação vocês devem tomar um tempo para absorção do poder ou empowerment transferido até que as energias caóticas e condensadas se amolde ou vice-versa em vossa pessoa. É ai então que vocês devem aplicar todo o conhecimento sobre o auto conhecimento que lhes fora ensinado.

O que ele não sabia é que eu esperava dele o que todo mestre espera de um neófito, a humildade em poder ouvir o que o mestre aponta, mas nisso ele falhou como neófito e claro, falhou como bruxo e só enxergou sua própria sombra projetada no mestre.

Há casos de Mestres e Mestras que manipulam os neófitos e quando os neófitos não fazem o que os mestres querem, entram em conflitos energias do ego e da própria egrégora de onde ambos retiram poder. Não foi o caso ocorrido em nosso covine, mas já vi isso ocorrer em irmandades mágicas. Em primeiro lugar nunca foi nosso propósito manipular neófitos e sim, guiá-los até a porta onde eles devem atravessar de livre escolha e aprenderem a tradição e a se guiarem sozinhos na vida e no sacerdócio sem dogmas. A Bruxaria é uma tradição espiritual benéfica, de auto conhecimento e com trabalhos bastante significativos, mesclada em guildas da arte bruxa com tradições subdivididas e diversas onde os iguais se reúnem para alimentar a egrégora de nossos ancestrais e por isso é por si só uma tradição viva per si e um patrimônio espiritual da humanidade, quiçá a mãe de todas as religiões do mundo, tendo em vista o Fato da Grande Deusa Mãe possuir um culto polimoldado e dimorfo há mais de 35 mil anos comprovado cientificamente, do qual os aprendizados vivem na alma dos humanos desde longínquas eras, afinal, bruxos criam, alguns resgatam e recriam como coautores de sua própria história, sendo mestres hábeis na arte do destino e de dirigir o destino, tanto o seu quanto dos outros.

O trabalho de ego e sombra não existe por acaso e quando são negligenciados o neófito fracassa frente a si mesmo e passa a colher os efeitos de sua sombra anos depois, haja vista que sua palavra foi dada em juramento e bem, sua palavra no momento de uma iniciação legítima é empenhada com poder, não há outra pessoa que vai se beneficiar ou se maleficiar com sua própria palavra a não ser o próprio dono dela pois os mesmos deuses a quem o acolheram são os mesmos deuses que vão te dar o troco, mas não antes de te lançar numa situação onde seu ego infla mais e mais sem você perceber, mostrando que seu poder está absoluto, então o tempo passa e quando você percebe, seu poder o abandona e te lança na lama do teu juramento devido ao mal uso de seus poderes.

Eu fui fazer um laboratório no mesmo candomblé onde ele foi buscar poder iniciático e pasmem, não encontrei lá outra coisa a não ser um bando de fraudulentas pessoas com má índole sem poder algum para resolver questões humanas. Nem preciso lembrar que quando um consulente chega até um sacerdote, ele chega com um problema a ser ajudado, curado ou solucionado, e ao contrário disso só vi maus tratos, jogo sujo de dinheiro e muita balela, poder nenhum nas mãos de pessoas que mal sabem usar o próprio mecanismo de sistema oracular de Ifá, muito menos os Itans junto com a rigidez ética e moral que Ifá exige de um iniciado.

Se nem para a bruxaria a pessoa foi eticamente e moralmente válida, o que dirá em Ifá, em Voduns e Orixás. Mas não estou aqui para criticar, apenas aponto fatos e contra fatos não há argumentos.

Há uma grande diferença entre ser humilde e ser escravo de dogmas.

Quando na verdade o que os sacerdotes sérios do candomblé fazem, é justamente a mesma feitiçaria a qual só se diferencia pela dinâmica territorial, geográfica de origem, idiossincrásica, haja vista que dançam em círculos, rezam pra deuses, fazem ebós e feitiços, celebram ocasiões especiais, alimentam egrégias, fazem sacrifícios, entre outras coisas comuns, mas aqui em Ribeirão Preto alguns sacerdotes do Candomblé negam o poder da bruxaria e pregam que a bruxaria é maléfica, do mal e desnecessária, quando na verdade naõ sabem o que estão dizendo por puro desconhecimento de causa, uma vez que nunca foram iniciados em bruxaria legítima e partem apenas do principio errôneo sobre as bruxas africanas primordiais, as Mães Ancestrais, também conhecidas como Iyamis. Esses terreiros a que me refiro pregam que bruxas são do mal baseados num falso pretexto de poder das Iyamis. Logo por ai você percebe que eles não sabem nada sobre a verdade das Iyamis e portanto são fraudes até mesmo com a questão africana, ou foram mal ensinados.

Mas o que quero elucidar aqui é a questão das Sombras. Muito se vê na internet sobre pessoas falando a respeito das sombras mas as sombras ainda são mal interpretadas ou incompreendidas, principalmente para aqueles que desconhecem a verdade dos segredos que estão por detrás dos ensinamentos de sombra/ego/Espírito.

Então eu reuni aqui alguns vídeos eleitos pelo Congrega Lupino para elucidar a questão, pois vem ao encontro de tudo o que nós do Congrega vem ensinando há anos.
O verdadeiro poder não está nas iniciações, mas sim na integração com a sua sombra. A iniciação é só um veículo pelo qual te leva a passagem de um estado mundano para um estado lúcido, cônscio de si e espiritualizado, livre de dogmas das religiões e dos grilhões da sociedade.

"O lado escuro não é nenhuma conquista evolucionária recente, resultado de civilização e educação. Ele tem suas raízes numa sombra biológica, que se baseia em nossas próprias células. Nossos ancestrais animalescos, afinal de contas, sobreviveram graças às presas e às garras. A besta em nós está viva, muito viva — só que a maior parte do tempo encarcerada."

Quem leu e compreendeu o livro Ao Encontro da Sombra - de Connie Zweig e Jemeriah Abrams, sabe o que estou dizendo!!! 

Não se pode aprender a se livrar dos dogmas quando você escolhe se prender a um. O exemplo que você dá, bem como suas ações falam muito sobre você. Cuide-se bem.

Esperamos que vocês aproveitem!

Com Gratidão e bençãos
Feliz Reencontro - com sua sombra!
Sett

A MENTE HUMANA É LIMITADA DEMAIS PARA COMPREENDER O ILIMITADO

O EFEITO SOMBRA



FAZENDO AS PAZES COM A SOMBRA



DESPERTANDO DEUSES - PROCESSANDO AS NOSSAS SOMBRAS









quarta-feira, 9 de maio de 2018

Urano em Touro - O que vai acontecer?



Dia 16 de Maio de 2018 Urano entra em Touro e já tem muita gente se perguntando o que vai acontecer quando Urano entrar em Touro e o que isso vai influenciar?

É o aparecimento de uma nova era e a transformação da estabilidade e valores pessoais, individuais e coletivos. Vou rascunhar aqui umas dicas e desde já exponho que há muitas coisas que podem acontecer e que eu não mencionei nesse estudo. Na verdade, quando se trata de Urano é quase certo que ainda restará 95% de novidades ainda impensadas, mas que podem acontecer tais como novas formas de prosperidade, mexendo na economia, valores financeiros, éticos e morais e acúmulo de bens, incluindo novas formas de fé/religião ou de sentir a religiosidade pondo a prova o que vale e o que não vale a pena em termos de valores religiosos, podendo aparecer até mesmo uma espécie de religião pessoal ou aceitação geral de vivenciar Deus cada um a sua maneira sem se ligar a religião alguma. De qualquer forma Urano vai estar no coração dos Taurinos impulsionando eles pra frente para as mudanças favoráveis e para as contra a vontade. Quem tem Touro no ascendente ou Sol em Touro serão os beneficiários desse trânsito. A Fertilidade estará em voga em todas as áreas principalmente sob a ótica da auto sustentabilidade e o surgimento de uma política revolucionária nos próximos 84 anos. Mas o que vai influir mesmo são:


Onde Urano vai tocar

Moedas virtuais, mineração de Bitcoins, Bolsa de valores, tesouro direto, tesouro Selic, criptomoedas, ouro digital, aquisições para independência financeira, obtenções de aquisição que desfode sua vida financeira, investimentos em cursos, graduações/especializações com atualização que fazem o mercado te olhar com maior valor, acúmulo de reservas de emergências, rendimentos CDB’s, meios de rentabilidade real e funcional, tesouro IPCA, a busca de auto afirmação e auto projeção positiva, SelfSmartCoaching, Renda fixa privada, busca por consultores de corretora de valores, aquisições voltadas a previdência privada, meios desinflacionários e rentáveis, debêntures e fundos multimercados, abandono da poupança, empoderamento da auto imagem moral e educação para imigrar em self employed/trabalhador autônomo, home workers, guardar registros dessas documentações e transações de forma certificadas, aumento da busca de vídeos aula para produção geral, aumento da compra de ações, expansão da arte, musica e do esporte ou lazer em geral, criação de novos bancos de finanças, acúmulos de bens materiais e melhores pacotes de aquisição de casas próprias, desenvolvimento pessoal, investimentos nos mecanismos de beleza e melhoria da pele, da saúde e rejuvenescimento, novos países surgirão no mapa, novos satélites, carros auto guiados e elétricos, zoológicos sem gaiolas, aparecimento de coisas grandes como prédios imensos como a torre de Gidá, conexão de fibra ótica e a preferência da energia solar pela classe “c” por ser a mais econômica, aumento das demandas e fornecedores de produtos, hotéis espaciais que vão incluir pacotes para qualquer ser humano, maior investigações nos planetas vizinhos pela NASA, novas próteses que permitem sensações reais e próteses biônicas ainda impensadas e estranhas mas que tem funcionalidades reais para a vida humana, aumento da população mundial, produção de novas formas de prazer/lazer, novos reatores de energia limpa nuclear, afundamento de algumas cidades banhadas pelo mar ou oceano (como Veneza), desenvolvimento de lentes de contato com câmeras fotográficas e olhos biônicos sendo comercializados, desenvolvimento de robôs como parceiros sexuais, mudança da calota polar e das polaridades da terra com uma mini era de gelo, capacitores de pesquisas de teletransportes quânticos, implantes cerebrais capacitadores de detecção de ondas de rádio para melhoria dos sentidos, expansão da inteligência criminosa ou não e tecnológica, surgimento de doenças novas equivalentes ao progresso da vida, vai haver também uma diminuição ou ampliação pelo interesse em assuntos espirituais, podendo haver a queda das religiões e aparecimento de novas formas de culto sem dogmas sendo adotado no lugar das religiões em queda. Aumento de descendentes devido a alta questão da fertilidade. O aumento das emoções a flor da pele também é algo que ficará em evidência, bem como novos pratos e novas formas gastronômicas, talvez a questão dos veganos ganhe aceitação geral.

O lado ruim é que quando se fala de Urano se fala de arritmia na criação e por isso mesmo a deformidade disso tudo também é verdadeira e pode se manifestar também com novas formas de lavagens de dinheiro e fraudes em cima desses investimentos de valores e a flutuação do capital dessas moedas virtuais, bem como manifestação ou aumento de pessoas mal caráter. Mas o grande recado que Urano em Touro deixa é o aparecimento do novo e das novas formas de valores e isso terá grande visibilidade e o investimento nisso será apoiado. O lado conservador vai tentar resistir, inutilmente.

Por Sett.



terça-feira, 8 de maio de 2018

Lua Nova em Touro - Maio de 2018 – Lua – Algol - Urano





Tudo o que você sempre quis saber sobre isso e não tinha quem te contasse.

Tomamos como verdade que Urano é o grande encrenqueiro do Zodíaco devido suas arritmias e pulsos de bombeamento ejaculatório descomedido. Ele é tão fértil que se você relasse a mão na escova de dentes dele você engravidaria.

Estivemos acostumados com Urano em Áries nos últimos sete anos e meio alterando a cabeça de todos e agora a geração vai mudar de novo. Urano em Áries trouxe uma arritmia nos assuntos do elemento fogo marcial ligada a casa em que Urano está no seu mapa junto com a casa do ascendente que é ligada a Áries. Com a entrada de Urano em Touro, a arritmia uraniana vai mexer na estabilidade dos assuntos da casa dois.

São 84 anos que Urano demora a retornar em cada signo e provavelmente na última vez que ele esteve em Touro, bem, já não deve ter ninguém vivo para nos contar como foi, sobrando apenas as pesquisas de eventos relacionados a datas e o conhecimento herdado pelas tradições. Lembrando que signos são constelações zodiacais. As previsões podem ser baseadas no zodíaco ocidental que amarra signos com estações, diferente do mapa védico que leva em consideração a precessão das estrelas, podendo ser feitas também por este último que é considerado tradicional no oriente.

Aqui as dicas são validas principalmente para quem tem o Sol, Lua ou Ascendente em Touro, mas todos devem olhar no vosso mapa natal em que casa está a constelação/signo de Touro por que é nela que essa energia vai influir.

A casa 1 (casa do ascendente) nesse aspecto pode fazer você se esquecer das necessidades dos outros (aquilo que é estável para os outros precisa ser mais notado e levado em consideração), então quem tem o sol ou ascendente em Touro vai pensar mais em si mesmo e em seus valores pessoais bem como no acúmulo de bens e auto sustentabilidade, já quem tem a Lua em Touro vai perceber os valores alheios bem como os valores do passado, contudo, em geral os valores arbitrários, éticos, morais, financeiros e sentimentais serão o pano de fundo para todos e como isso vai se desenrolar vai depender de cada aspecto planetário em que um estará fazendo com o outro de acordo com cada mapa natal.

Urano em Touro traz energias revolucionárias, empurrando a Venus de todos para frente de forma arrítmica.




Lua Nova em Touro

A Lua Nova em Touro vai ocorrer dia 14 para 15 de Maio e vai remexer e renovar a verdade ariana, trazendo mudança do fogo para terra e sua real permanência para o que foi iniciado com a Lua em Áries. Se em Áries foi rezado e pedido para o espírito (fogo), em Touro o que foi pedido vai ganhar matéria (terra). Por causa de Urano a teimosia e persistência taurina vence a impulsividade ariana e mostra onde esteve o erro, revela o amor e a beleza acima de tudo, retira o egoísmo dos projetos arianos, dá uma nova cara para o projeto e impulsiona pra frente. O pedido primitivo ariano ganha beleza em touro, mas a Lua vai tocar nas intuições severas e no modo em que você sempre recebeu as intuições, também vai tocar nas questões do passado renovando ou dando outra cara para tal projeto ou demanda atribuída antes. Touro rege os cinco sentidos e a Lua feiticeira de Touro vai ganhar magia e transpirar na pele.

Não esqueça meus amigos, que há a magia herdada e a magia criada. O tipo herdado é aquele que era praticado pelos magos/bruxas do ciclo Lunar e as palavras de Aquel, Azora e Aleya se refere a isto dizendo: “pegue quatro pássaros”. A magia criada é aquela que era praticada pelos magos/bruxas do ciclo Saturniano e, também aquela que era praticada pelos magos/bruxas do ciclo Venusiano. Portanto é uma boa hora para criar e renovar.

Nessa data se podem fabricar talismãs da Mansão Lunar das Plêiades, também conhecida pelas Stregas como Morada da Lua Atorai, a 3ª Morada da Lua.

Você pode remediar a deteorização de uma sociedade, pode salvar uma viagem marítima, pode libertar prisioneiros presos por magia, pode castigar inimigos, pode obter sucesso numa operação alquímica de transformação pessoal, sucesso com o fogo e com a caça. Também pode assegurar o afeto entre casais casados, pois essa Mansão é auspiciosa.

Contudo, você terá que saber usar a Medusa em seu favor. Sim a estrela Algol vai estar em voga nessa data, uma vez que a Lua Nova em Touro vai fazer exato aspecto com Algol.

Como sabemos os talismãs das Moradas da Lua só devem ser construídos quando a Lua estiver livre de qualquer aspecto negativo ou maléfico no céu, então se você não souber usar a Medusa em seu favor, por favor, não tente fazer esse talismã, pois essa operação mágica pode causar a morte do mago/bruxo operador da magia. No mínimo a intenção usada para a criação do talismã terá efeito inverso do desejado. Falarei mais sobre Algol no final do artigo.

Também é um bom tempo para se conjurar Hildolfr – O Lobo de Batalha, Hnikar – O Derrubador, e Olgr – O Protetor durante a festa das águas das Stregas.

Também pode-se invocar Robigo para repelir a alforra e desenferrujar o ferro Ariano. Como se fora Similia Similibus Curantur – Os semelhantes curam-se com os semelhantes. Essa invocação também deve e pode ser utilizada sob os auspícios da constelação de Mera, que abrasa e seca a terra, mas para apazigua-la imola-se um cão em sacro-ofício.

Igualmente pode-se conjurar PAP – Pius Aeneas de Palanteu – um dos servos de Hécate que serve para indicar o caminho quando se está na encruzilhada da alma.

Sabemos que existem 3 datas de maior poder em relação a Lua. São elas:
Dois dias antes e dois dias depois da Lua nova ou cheia. E no dia da Lua (nova ou cheia).

Para magias que envolvem as Moradas da Lua observe se Mercúrio não está retrogrado, nem fazendo mal aspecto com algum planeta caso a intenção seja para magia benigna, pois Ele é o grande comunicador do zodíaco e quando ele está retrogrado nem a oração chega aonde deveria chegar. Nessa data ele não estará retrogrado.

Como ensina a Tradição Familiar Lupino em seu Livro dos Lobos, os sete dias após a Lua Nova são favoráveis para organização de atividades cotidianas, atividades intelectuais, pesquisas, aos trabalhos que exijam espírito de cooperação, às decisões relacionadas com compromissos sociais e amorosos, aos assuntos voltados para o bem comum.


Um pouco mais de Urano, Lua, Vênus e associações mitológicas e astrológicas

O Tempo usou a fertilidade do Céu para criar o Amor e a Beleza nas Águas da Terra. Essa foi a história narrada nos mitos de Urano e Gaia. Vamos falar um pouco de Urano. Ele chovia seu esperma sobre Ela para fecundá-la, mas ao mesmo tempo ele não gostava do que era criado e vivia empurrando vagina a dentro de volta a sua própria criação e Gaia ficava irritada. Nos mitos Gregos, Cronos (Saturno dos romanos e Satur dos Etruscos) usou sua foice a pedido de sua mãe Gaia para rasgar a bolsa escrotal de Urano, fazendo com que o seu esperma caísse sobre as águas, formando uma enorme espuma de onde a Beleza de Vênus nasceria. Vênus não é bem uma Titânida, Ela é a incriada, mas também foi criada graças a Saturno/Cronos o deus do Tempo. O Céu – Urano – é pai biológico Dela. Só o Tempo poderia dar beleza no amor e casamento entre o Céu e a Terra.

Em astrologia Urano vai entrar em Touro (cuja regência é de Vênus) dia 16 de Maio de 2018 (até abril de 2026) então mais uma vez vai envolver o Tempo, o Céu, a Terra e o nascimento de Vênus nos dias atuais trazendo arritmia nas áreas para inovação do trabalho e economia, revolucionando essas áreas, dando ruptura e reconstruindo. Touro conduz os 5 sentidos e é associado à casa dois. Touro estabiliza o lado conservador dos valores e hábitos alimentares. Aqui Urano vai reconstruir tudo aquilo que ele destruiu durante a ultima vez que ele passou por Touro, e tudo que ele construir aqui agora ele vai destruir na próxima vez, renovando assim o ciclo. Urano é geracional e visionário, influencia uma geração inteira por sete anos e meio.

As pessoas gostam de falar que Touro não gosta de mudanças. Isso não é verdade, desde que as verdadeiras mudanças ocorrem de forma uraniana a cada 84 anos, por isso num dá tempo de ninguém vivo ver as mudanças, mas ele muda sim. A mudança é lenta e a revolução econômica pode ocorrer lentamente com Urano em Touro.

Com isso devemos levar em consideração as casas astrológicas onde estão Urano, Saturno e Vênus no seu mapa, bem como os trânsitos astrológicos que vão enredar esse três Grandiosos. Nesse sentido, a Terra é representada por cada um de nós, ou seja, por você, eu e por todos que está lendo.

Urano entra em Touro em 16 de Maio de 2018 e no final do ano ele fica retrogrado voltando à Áries até 2019, devendo voltar ao movimento direto e ingressando em Touro definitivamente em 2019 ficando até 2026.

Urano é o deus do Céu, na Teogonia de Hesíodo. Símbolo de uma proliferação criadora sem medida e sem diferenciação, que destrói por sua própria abundância, tudo que engendra. Caracteriza a fase inicial de toda ação, com sua alternância de exaltação e depressão, de impulso e queda, de vida e morte dos projetos. Simboliza dessa forma o ciclo dos desenvolvimentos. Deus celeste das religiões indo-mediterrâneas, um dos símbolos de fecundidade e um deus cósmico. O maior segredo dele é que ele é e sempre foi representado pelo TOURO. Pasmem! Urano em Touro (aplausos), agora a vaca vai ficar sagrada mesmo!

Ele que tem como símbolo maior o próprio touro, fará conjunção com a constelação de Touro regida pela filha dele. É um encontro entre pai e filha sem dúvida. Porém essa fecundidade é perigosa. Como bem observou P. Mazon no seu comentário à Teogonia de Hesíodo, a mutilação de Urano põe fim a uma fecundidade odiosa e estéril, introduzindo no mundo, com a aparição de Afrodite/Vênus (nascida da espuma ensanguentada do membro gerador uraniano), a ordem!

Nesse sentido Vênus assume o papel de Maat a deusa egípcia da Ordem Cósmica no signo de Libra, daí o papel da justiça.

A ordem, a constância das espécies e tornando assim impossível toda procriação desordenada e nociva.

Com base na mitologia Grega, André Virel caracterizou perfeitamente as três fases essenciais da evolução criadora. Urano, sem equivalente romano, situa-se na primeira fase: a efervescência caótica e indiferenciada, denominada cosmogênese. Cronos/Saturno interfere na segunda fase, a da esquizogênese: Ele corta, divide. É quem com um golpe da sua foice nos bagos do seu pai põe fim nas suas secreções indefinidas. Representa um tempo de suspensão. Ele é o regulador que bloqueia toda criação do universo, o ponto fixo da onda estacionária, a vida no seu lugar, sem avançar, sempre idêntica a si mesma.

Ele é o tempo simétrico, o tempo de identidade. O reino de Zeus/Júpiter caracteriza-se por um novo início, mas um início organizado e ordenado e, não mais anárquico e sem controle, que André Virel chama de autogênese.

Depois da descontinuidade da época precedente, cujas paradas, tempos, medidas, fixações permitiram uma primeira classificação, a continuidade da evolução recomeça. É o momento em que o homem toma claramente consciência de si mesmo, ao mesmo tempo em que toma consciência das relações de causalidade, da delimitação dos seres e das coisas que ele apreende nas suas analogias e suas diferenças.

A história mitológica dos deuses então esclarece a história dos homens. A mitologia é assim apresentada como uma psicologia projetada no mundo exterior, não apenas uma psicologia individual, como a entendida por Freud, mas também uma psicologia coletiva, como a concebe Jung.

Urano em touro vai lhe dar por sete anos e meio todas as oportunidades desenfreadas, cabe a você usar em seu favor o que lhe cai bem, o poder da escolha.

O Touro remete a ideia de irresistível força e arrebatamento. Evoca o macho impetuoso, assim como o terrível Minotauro, guardião do labirinto. É o terrível Rudra, que muge, do Rig Veda, cujo sêmen abundante fertiliza a Terra. Isso se aplica a todos os touros celestes, notadamente a Enlil babilônico. É o símbolo da força criadora. O touro também representou o deus El, cujo culto foi proscrito por Moisés. Subsistiu até o reino de Davi, com as estatuetas do touro sagrado, influenciadas pela cultura egípcia, aparecendo até na palheta do faraó Narmer, no museu do Cairo, sobre a insígnia de guerra de Mari, na Síria mesopotâmica; também foi encontrada nos planaltos da Anatólia central, a antiga Troia. Zeus toma forma de touro para seduzir Europa e com ela teve três filhos.

O Indra védico também vem na forma de touro. É o calor que anima todo ser vivo. Shiva também detém o emblema do touro significando a justiça e a força para dominar e transmutar essa energia em vista de sua utilização ióguica. É o Dharma, a ordem cósmica, a mesma da insondável Maat egípcia e posteriormente a do Xangô de Oyó juntamente com Oyá/Iansã personificada como Touro.

O touro representa a força ctoniana e faz ligação com o raio, a chuva, a tempestade, a atmosfera, furacão, trovão, e a Lua. Por isso está vinculado ao culto antigo da Grande Mãe do Neolítico. O fim do Paleolítico possui em suas pinturas, a regência de animais em Lascaux e Altamira, bem como nas grutas da Russia e do Cáucaso. Até Osíris foi representado como touro em seu aspecto lunar. Vênus tem seu domicílio noturno no signo de touro e nele a Lua está em exaltação. Em Troia e na Pérsia, a Lua era Gaocithara, conservador do sêmen do touro primordial que depositou o sêmen no astro da noite.

Nas narrativas de Razzia des Vaches de Cooley, um conto celta, um touro marrom e um touro branco lutam até a morte. Eles eram Ulster e Connaught. Ainda há um outro conto celta, irlandês chamado Ion Iaith, ou Lua do Herói, cujos segredos remete ao touro. Há um outro envolvendo Cuchulainn e Plinio narra a colheita e o uso do Agárico (Amanita Muscária) durante o ritual real que perdeu-se muitos dos seus mistérios públicos depois da conquista dos romanos, ficando reservados para classes puramente iniciáticas e tradições familiares. Mas até a bíblia fala dos gálatas. Esses gálatas tetrarcas eram reis celtas e remetem ao cavalo-touro, animais também de Posseidon.

Mas o Touro que é representado por Urano é um Auroque, o ancestral do touro que conhecemos hoje. O Auroque era enorme, surgiu na Ásia, e existiu no norte da África, no vale do rio Nilo, criado pelos egípcios. Emigrou para a Europa há 320 mil anos atrás, antes da imigração humana para os continentes. Tinha um metro e oitenta de cumprimento e três metros de altura. Seus chifres tinham mais de 75 centímetros de altura. A tentativa de domesticar esse gado foi em vão há 8 mil anos atrás e o ultimo morreu em 1627 na Polônia. As arenas da Itália usaram o Auroque para lutas e lá se extinguiram no início da nossa era.
Na Tv, Fred Flintstone usava um chapéu com chifres de Auroque para ir jogar boliche no clube dos Búfalos.

Na astrologia ocidental o Touro (21 de abril à 20 de maio) é o segundo signo do zodíaco, e situa-se entre o equinócio de primavera e o solstício de verão no hemisfério norte. É o símbolo da matéria prima, da substância inicial, o instinto de conservação, daí a teimosia e persistência. Assimilável ao elemento terra, a terra maternal, enquanto Áries representa a cinética do fogo original, encarnado por um animal seco e cabeçudo, hiperviril. O touro representa a estática de uma massa de vida caracterizada por uma criatura possante.Tem muito para se falar sobre a insígnia do Touro, mas preciso guardar para o âmbito dos iniciados.


Um pouco mais sobre Algol e a Lua Nova

Importa ressaltar que a Lua Nova em Touro fará conjunção com a estrela mais perversa e maligna do Céu Uraniano, A Estrela ALGOL e, por isso mesmo o ditado “cabeças vão rolar” pode fazer a vida imitar a lenda.

Seu nome em árabe é Ra´s Al Ghul, a cabeça do demônio. Ela é a representação da Medusa e por isso mesmo vale a pena (para quem não conhece) pesquisar sobre o mito da Górgona Medusa, pois Algol é o olho esquerdo dela.

Um dos segredos de Algol é Ceto ou Kraken do qual representa o Medo Coletivo. Usar a Medusa em seu favor requer cuidadas pesquisas e muita sabedoria em magia, pois ela é considerada de má sorte ou extremamente maléfica. Essa Lua Nova em Touro pode representar uma data onde bruxos maléficos irão disparar maldições uns sobre os outros. O que chamamos de Batalha dos Malandanti. Por isso mesmo requer muito cuidado e proteção.

Urano em astrologia traz uma certa arritmia em tudo por onde passa, e associado a Algol pode afetar as cabeças humanas. Algol está situada entre Cassiopéia e o grande pentágono do Cocheiro com a luminária Capella num dos vértices.

Em Grego Medusa significa protetora. Ela é a responsável por salvar as correntes da Andrômeda, ou melhor dizendo, Andrômeda de suas próprias correntes. Perseu a usou como arma e a deusa Atena colocou-a em seu escudo Aegis. Ela é a própria defesa de Atena contra quem quer que seja, pois transforma em pedra todos que olharem nos seus olhos.

Antigamente se usava o Gorgoneion para afugentar o mal. Na verdade Algol é a estrela demônio que afasta demônios. È a sacerdotisa de Atena/Minerva que protege a sabedoria (serpentes) petrificando quem tem medo da sabedoria. Gorgoneion foi uma máscara ritual mal compreendida, mas há quem afirme que o potencial da Medusa se iniciou quando ela perdeu a cabeça, pois seu corpo foi adicionado a ela posteriormente.

Do sangue vertido de sua cabeça nasceu Pégaso e Crisaor, mas teve outros que são pouco mencionados, como os corais do mar vermelho e as víboras venenosas que infestam o Saara.

Freud escreveu Medusenhaupt (a cabeça da Medusa) cuja obra os psicanalistas usam até hoje. Nessa obra Medusa é o próprio talismã da castração associada a negação da sexualidade maternal. A punição de Medusa é vista a partir do crime por ter sido estuprada dentro do templo de Atena, por Poseidon, no lugar de ter consentido voluntariamente como desenvolvimento dos conflitos não resolvidos da deusa com seu pai Zeus.

No século VI da era pagã Ateniense os cálices continham uma gravura da medusa no fundo da taça, dando o seguinte recado-significado: Se não encher novamente a taça irá ter medo de ser transformado em pedra (o cuzão da festa) e se continuar enchendo a taça e bebendo irá perder a cabeça (de tão bêbado). Parece que entrar no clima era a única opção.

Possam os Medos serem afugentados e a Ordem seja restabelecida!


Por Sett. 






Dicas Astrológicas para o mês de Maio de 2018






O mês de Maio começou com impulsos de relacionamentos com pessoas mais velhas devido a lua cheia no início do mês.

Dia 13 Mercúrio ficará conjunto com Urano, o que vai acelerar as ideias mercuriais, deixando as pessoas meio apreensivas ou tensas porque a comunicação entre as pessoas ou meios comunicativos irá mudar de ritmo.

Dia 15 o Sol em Touro acessa a Lua dando-lhe poder de renovação. Será a Lua Nova em Touro. Olhando no seu mapa, aonde tiver Touro é lá que vai renovar. Porém essa energia trará novidades estabilizadoras (elemento terra de Touro) para o ano todo.

Dia 16 Marte entra em Aquário e fará uma quadratura com Urano (eles são inimigos, aliás, em astrologia Marte é inimigo de todos, menos de Vênus) e isso vai negativar as propostas das pessoas e nem tudo serão flores. Isso traz uma mensagem que alguma coisa vai acabar assolada. No dia seguinte aparecerá dicas ou conselhos de duas mulheres que sabem o que estão fazendo (conjunção de Vênus com Palas Atena nos últimos graus de Gêmeos), aprecie isso, pois vai precisar para consertar os erros do dia anterior ou do passado.

É preciso lembrar que Lilith, Saturno, Marte e Plutão estão em Capricórnio que estará também recebendo um sextil de Júpiter e Netuno, sendo o sextil bom para respostas positivas de processos judiciais, finanças e heranças, contudo, findo o sextil, precisamos lembrar que os signos que detém o poder da estabilidade e que andam com os pés bem firmes na terra são Touro e Capricórnio sendo este último gorado pelos quatros maléficos fazendo um stellium na casa 4, afetando o lar, a família e a maternidade dos Capricornianos, facilitando sofrer ordálias, testes das Moiras, e muita falta de sorte boa, impregnando ou carregando o ar dos Capricornianos com um certo ar negativo, frustrando aquilo que cada um tem dentro de si e tornando bem lendo a forma de se pensar nos sentidos, mas ao mesmo tempo trazendo grandes lições e grandes aprendizados.

Dia 19 o aspecto entre Vênus a 0º de Câncer e Urano em Touro fornecerá energia positiva para união. Isso vai beneficiar um sextil para os de signo de aquário também. O prazer estará no ar. Ótima noite para celebrações de Sabás. Esse trânsito é bom para se construir talismãs para abençoar o amor ou amizade entre pessoas que por algum motivo passaram a se odiar, pois esse trânsito estará bem na Mansão Lunar das Pérolas a partir do grau 1 a 12 de Câncer. Se algum inimigo oculto fez você brigar com algum amigo ou amor causando-lhe separação e intrigas/discórdias, esse é um bom momento para construir o Talismã da Mansão Lunar das Pérolas contida no Picatrix, pois este derrota a maldição da desunião. Essa Mansão Lunar também é chamada "Amatura" nas Clavículas de Salomão e é a 8ª Morada da Lua, a que causa amor e amizade em sua totalidade, ela só é ruim para os feitiços de maldição que tacaram em você. Se o seu Coven ou irmandade foi atacado no passado por uma maléfica dessas que separam os coviners/membros, é hora de juntar e reunir o que foi separado por magia inimiga e retomar o poder da união por direito que lhe foi negado e imposto pelo inimigo. Vai ficar ai parado ou vai tomar de volta o poder que lhe foi tirado? Amatura devolve casais ao seu local de origem, reúne casais que foram separados por magia negativa, devolve o "status quo" do amor e da união. Com Urano beneficiando Touro nem é preciso falar que a vitória é certa, pois contra Urano ninguém pode! Ele realmente revoluciona e nem preciso lembrar que Vênus é fruto do esperma Dele, pois graças ao Tempo com sua foice, lançou a fertilidade de Urano em sua totalidade nas águas de Gaia. Experimente fazer o talismã, se funcionar você terá a prova de que houve um ataque de magia maléfica separando vocês e você terá a chance de destruir por completo a maldição.

Dia 20 Quiron sai de Peixes e entra em Áries. Quirón demorou 51 anos para chegar aqui novamente e vai enfiar o dedo nas feridas arianas por muito tempo. Como Áries representa a cabeça no corpo humano, é preciso cuidar da cabeça para evitar doenças do tipo acidente vascular cerebral, acidentes em geral e dores de cabeça de origens psicossomáticas, mediúnicas ou de cunho emocional. Os piscianos terão uma trégua e poderão respirar melhor em relação às antigas feridas, inclusive vão poder revisar tudo só que com outros olhos agora. Librianos serão beneficiados com o poder do equilíbrio venusiano restaurado, uma vez que Urano já terá saído de Áries e Quirón agora saindo de Peixes. Faço uma ressalva para lembrar aqui que Júpiter o regente de Peixes e Vênus o regente de Libra são os dois maiores benéficos do zodíaco e ambos ficaram prejudicados quando Urano estava em Áries e Quirón em Peixes, por isso os próximos 50 anos darão um descanso desse prejuízo.

Os bonés rúnicos, talismãs de cura e travesseiros mágicos são uma boa pedida para a cura e proteção da cabeça nesse dia 20. Então Marte e Quiron fará dia 20 um sextil renovando e estimulando as forças de cura, para tal, terá que mexer no desconforto das feridas para que você saiba até que ponto seu poder de cura deve ser elevado ou trabalhado interna e externamente, são questões que deverão ser resolvidas. Desapegue-se da dor que você sente, não das pessoas, pois as pessoas são apenas gatilhos usados pelo destino para lembrar o que precisa ser curado dentro de você. Será um bom trabalho de sombras envolvendo Quirón em Áries, desde que Marte (o regente de Áries) significa “energia carregada e elétrica” em astrologia para a casa em que ele se encontra ou uma bateria que vai carregar o planeta ou casa em aspecto com ele, ou ainda lutas, disputas e concorrências pelo poder de liderança em casos que ele faz mal aspecto com outro planeta.

Dia 26 os capricornianos vão mudar de ideia devido a Vênus com Saturno fazendo oposição, trazendo isolamentos de sentimentos que não estão maduros. A energia da solidão marcará esse dia para a casa em que você tem Capricórnio, bem como dentro do lar.

Dia 29 teremos Lua Cheia ouvindo as ideias geminianas benéficas para as finanças. Essas ideias devem ser ouvidas por todos se quiserem aproveitar a energia da prosperidade futura.

Dia 30 Mercúrio fazendo aspecto com Quiron, a chave das comunicações é se comunicar corretamente sem trazer dor a ninguém. Nesse dia a conjunção da Lua com Júpiter beneficiará os Librianos.

Possam a doçura e beleza de Vênus irradiar o amor perfeito a todos!
Por Sett.


sexta-feira, 13 de abril de 2018

Por que algumas Bruxas Abandonam seus Covens?


A resposta dessa pergunta é a mesma que envolve relacionamentos.
É a mesma que responde o por quê que seus relacionamentos não dão certo.
Relacionar também é uma arte, senão vejamos:
Sempre que você inicia um novo relacionamento ou um novo compromisso você tende a fazer de tudo para que dê certo ou tudo para cumprir as premissas.
E quando você lembra dos outros relacionamentos que você já teve? a dúvida logo lhe indaga, será que não vai acontecer do mesmo jeito?
Pois bem, há bruxas que já até desistiram de se relacionar, ou pior, desistiram dos Covens e preferem seguir sozinhas, ou como se ouve muito por ai, bruxas solitárias...
Ah, se você soubesse o poder que essa palavra tem para te tornar solitária em tudo!



FAZENDO A GRAÇA DESCER

Agradecer é a escada da felicidade, não o contrário.

Uma das coisas que ferram os relacionamentos é a famosa frase padrão: "E viveram felizes para sempre".
O medo desse padrão não se cumprir é as vezes tão alto que você acaba reclamando em pensamento para si mesmo.
Acontece que quando você reclama você está clamando mais de uma vez para que o universo lhe dê mais daquilo que você está sentindo, então, você faz acontecer o fim, ou "até que a morte nos separe" antecipadamente.

Todo relacionamento, seja amoroso ou familiar, tem um fim e a morte é necessária para que haja o reencarne ou nova situação, seja morte física ou o fim de uma situação.
Mas nem sempre esse fim coincide com a nossa morte física.

É preciso ter em mente que os relacionamentos são construídos sob bases do não idealismo. Isso porque quando queremos impor nossos ideais de relacionamento ao outro, estaremos forçando-o a viver o nosso ideal e impedindo o outro de ser ele mesmo e, você começa se relacionar com o outro que tem um ideal diferente e os ideais não batem.

Quando esse tema é transportado para os Covens, a coisa funciona igualmente.
o novato não faz direito os trabalhos de ego e amplia seus ideais, almeja ou ambiciona ideais que nada tem a ver com bruxaria e pensam que já sabem tudo, passam a impor aos mestres ou iniciadores os seus ideais de como a bruxaria deveria ser ou de como o mestre deveria ser e quando a ficha cai, a decepção aparece e junto com ela a pessoa sai do coven, muitas vezes magoada e praguejando.

Você fica o tempo todo envolvido com a pessoa, mas na mente você só está idealizando aquilo que você quer do outro e de repente tudo cai por terra e o susto aparece: "nossa, você era assim?"

O ideal é uma imagem de como as coisas ou pessoas deveriam ser, com um buraco no rosto onde você enquadra o rosto de alguém nesse ideal.
Quando os véus de maia se abrem e os ideais são mostrados, você se dá conta que não tinha que ter aplicado os ideais ali.

Vejam: Os ideais são maravilhosos, mas só para quem o possui. Os ideais nunca devem ser aplicados no outro.

Você deve idealizar como você quer ser, desde que já saiba quem você é, para poder se transformar naquilo que você quer ser. Agora quando você idealiza como o outro quer ser ou deveria ser, é uma baita invasão, ou colonização do outro.

Muitas pessoas fazem de tudo para que o outro venha a ser aquilo que você quer.
Quantas mães fazem isso? Quantos pais fazem isso? Quantos casos reais você já viu na vida?
O ideal projetado é do que estamos falando, e ele pode ser melhor mostrado no filme Cisne Negro.

Galera, projetar o ideal no outro é no mínimo maldoso e desrespeitoso, desde que isso significa uma forma de controle sobre o outro e uma ilusão sobre si mesmo e no mínimo revela falta de amor, por isso seus relacionamentos não dão certo.

Nos Covens também acontece isso, principalmente entre aprendizes que não realizam e não poem em prática os treinamentos de forma correta. Eles idealizam o mestre para depois o julgarem e sair munidos de decepção na sacola da curiosidade.
Sabemos quem entrou para um coven de bruxaria pelos motivos errados quando a pessoa revela em seus atos que só entrou para saber o que as bruxas fazem ali, por pura curiosidade. Sem o verdadeiro chamado e aptidão, sem a constância, sem comprometimento e por muitas vezes até quebram votos e juramentos tornando-se persona non grata.



Amor perfeito não é amar o seu ideal.
Amor perfeito é entrega, sem competição e sem afrontamento.
Bruxos de verdade querem a mesma coisa um para o outro, ainda que Elphame tome posse do seu mestre para lhe dar um recado nada agradável em determinado momento.

Lapidar uma pedra bruta significa sacrifício, doação, paciência, mas acima de tudo, significa que o outro está entregue a isso. Os covens te mostram como você vai se auto lapidar, mas ninguém ali dentro irá idealizar como você deveria ser e sim, é você quem vai mostrar quem você é, porque as máscaras caem e, não é vergonha alguma isso dentro dos covens, isso é necessário pro auto conhecimento, ninguém nasceu polido. Nascemos com dons transformadores, não transformados.

Entre o ideal e a realidade, entre os itens da sua lista de ideais e a grossa realidade existe o trabalho de ego e se sua tabela não mudar, é claro que seus relacionamentos irão fracassar.

Ame o outro como ele é, não como você gostaria. Relacionamentos sadios são livres de ideais, conveniência e controle, pois até mesmo a conveniência é o motivo errado para se estar ao lado do outro para sempre. Um Coven é uma família mágica e, você não pode permanecer brigado com sua família para o resto da sua existência, a menos que você se afirme não ser um bruxo e só entrou para o coven por curiosidade. Mas se for um verdadeiro bruxo, vai perdoar a si mesmo, o outro e vai fazer o trabalho de ego direito, fazendo assim o que tem de ser feito! Sem idealismos, receba a orientação com humildade e gratidão para você se tornar aquilo que nasceu para se tornar!


Um brinde a liberdade do que somos!

Por Sett.









Como Saber se você é um(a) Bruxo(a)?


    


Ao nascermos, Elphame nos abençoa com “dons” ou “talentos” psíquicos e devemos reconhecê-los, pois reconhecer esses “poderes”  pode ser o início da sua jornada espiritual como primeiro passo para o auto conhecimento.
Primeiramente digo que este não é o único método de reconhecimento, mas sim um deles e, vos apresento aqui.

Você já se questionou se possui alguma habilidade psíquica ou talento psíquico?
A maioria das pessoas não se pergunta isso, mas com certeza quem faz essa pergunta a si mesmo já mostra uma raiz.

As experiências com Dejavú geralmente é a primeira a se mostrar, mas da mesma forma fácil como ela se revela, da mesma forma somos inclinados a ignorá-la, uma vez que ela se mostra muito cedo em tenra idade e ainda não temos o poder do raciocínio lógico para amparar a revelação, em ultima análise, de ter estado duas vezes na mesma situação só que em vidas diferentes.

Em geral, somos tachados como má influência ou como aquele que foi tocado pelo diabo. Um dos primeiros “bullings” na infância começa com isso, pois as pessoas te enxergam como “a criança estranha”.

Outro sinal, mas não tão claro é o fato de que entre você e sua relação com seus pais possa haver algum segredo, problema a ser decifrado, seja de ordem de paternidade ou maternidade, algo mal resolvido ou simplesmente você sente que há alguma coisa que ainda não te contaram, mas que você “fareja” no ar e ao longo da sua existência você acaba descobrindo sem muito esforço. Trata-se de uma das primeiras captações de sua empatia expandida.

Todos os seres humanos possuem alguma habilidade mental, sendo que em alguns isso é naturalmente mais expandida ou desenvolvida do que em outros. Geralmente isso vem acompanhado de uma forte ligação com o universo espiritual.

Porém, por mais habilidosos que algumas pessoas sejam não é todo mundo que consegue reconhecer os vestígios, marcas, cicatrizes ou sinais de poderes psíquicos. Nisso mora uma imensa vontade de buscar respostas, de se juntar com seus iguais, de aprender a usar isso direito..., é uma fome de sentido que parece não ter fim.

Devemos lembrar aqui que, uma iniciação vertical acontece na infância geralmente, sendo uma experiência direta com um “ser” do mundo espiritual a mando de Elphame. É muito comum ouvir as pessoas dizerem que na infância ou adolescência tiveram um ato sexual com o diabo. A palavra diabo geralmente é usada por desconhecimento por parte das pessoas. Então deixemos o diabo onde ele quer estar.

Outro sinal claro que habita dentro de você é a intimidade com amuletos da sorte e talismãs. De alguma forma você cresce sabendo que tais amuletos te respondem ou falam com você. Você olha para o objeto e sente a conexão, em alguns casos você bate o olho e até já sabe para que aquele objeto serve. Você capta o magnetismo dele e sente confiança. Ou seja, você cresce com uma crença natural em seres e energias que te respondem e que habitam dentro e fora de você e até mesmo habitam em objetos e, por último você simplesmente sabe que aquilo está ali para lhe amparar/ajudar/auxiliar/proteger.

Desde que a humanidade surgiu há a crença de que existem objetos com poderes, e isso revela a antiguidade da sua função psíquica a qual está impressa na sua alma.

As figas, as ferraduras, os crucifixos, moeda antiga ou gravura em plaquinha, o sal, o azeite e o olho grego são só alguns exemplos que atravessaram séculos de existência e provavelmente sua mãe possuía em casa, escondidos num saquinho especial ou expostos nas paredes.

Outro sinal é quando ouvimos de alguém ou sentimos nós mesmos que: “o santo não bateu!” Isso é tiro e queda. A gente sente algo se retorcer no estomago ao olhar para alguém ou ter um leve contato com tal pessoa. Isso é um indício que em vidas passadas essa pessoa fez algo para você ou pode se repetir algo da qual você não vai gostar e essa pessoa está ligada aos fatos. Seu espírito guarda na essência todas as experiências de vida, todas as memórias anteriores, e seu espírito reconhece a sensação do perigo quando chega perto dele. Essa pessoa envolvida tem algo a lhe ensinar (de bom ou de ruim).

Quando a primeira impressão é a que fica, isso é um sinal de poderes psíquicos, uma vez que seu radar identifica na hora. Saber identificar a irradiação boa ou ruim de alguém é um dom bruxo. O que fazer com isso é outra história, pois depende virtualmente do nível de compreensão e progresso na evolução espiritual de cada alma. Ouvir a intuição muitas vezes tem haver com isso.

Os orbes são outro sinal. Orbes são bolhas translúcidas/opacas que aparecem em fotos ou vídeos. São canalizações de energia densa local habitada em alguém ou em algum objeto ou local. As pessoas na foto, cujos orbes estão sobre ela podem atrair espíritos para perto.

O terceiro olho. Esse mostra a intenção ou intuição ou premunição. Geralmente está ligado aos dons mediúnicos, sonhos (lúcidos ou não) oneiromancia, é a porta para o Outro Mundo, onde se faz presente a ponte para Elphame. É algo que não se explica pela razão, você simplesmente sabe que é verdade e aceita isso naturalmente lá no fundo do seu íntimo. As Visões é outro sinal dos dons psíquicos que só uma pessoa bruxa pode ter.

O estranho velho amigo. Com frequência algumas pessoas te escolhem para lhe contar as coisas mais bizarras que acontecem na vida deles. Mas nem eles mesmos sabem o porquê escolheram você para contar isso. A confissão, a revelação, o pedido de socorro, a confiança ou mera admiração pelo ocorrido geralmente está embutido na escolha de te contar, isso porque talvez as almas se reconheçam como diferentes e iguais ao mesmo tempo, ou iguais e separados. Fato é que a informação que lhe será revelada TEM que ser revelada para você!

Atrair pessoas estranhas que conversam com você como se já te conhecesse há muito tempo é um dos dons bruxos. É uma familiaridade espiritual ou energética muito clara e que geralmente não se desfaz nem com o distanciamento entre as partes, nem com brigas ou desentendimentos. Evitar harmonizar esse contato só causa atraso naquilo que Elphame quer para você. 

O mesmo acontece com os animais que gostam de você logo de cara. Já reparou que por mais que você bata num animal que gosta de você ele sempre vai estar te rodeando e te “lambendo” de novo mostrando que não é a namoradinha magoada? Isso se dá porque animais não tem ego. Fica a dica! Quem faz o trabalho de ego com seriedade sempre estão juntos de novo e de novo, assim como em todas as reencarnações sempre vamos nos unir de novo e de novo. Tentar evitar isso só atrapalha a si mesmo.

Funciona da mesma forma quando o discípulo está pronto e o mestre aparece. Quando Elphame quer, Elphame escolhe o mestre para você e te leva ate ele. Nunca é você quem escolhe. Rejeitar o mestre que Elphame lhe disponibiliza é rejeitar seu próprio poder e rejeitar a própria Elphame e toda sua origem bruxa. Na infância Elphame te coloca em contato de crianças iguais a você em dons ou crianças que precisam dos seus dons, uma vez que essas crianças ou pessoas são essenciais para o desenvolvimento dos seus dons, da qual não se desenvolveriam sem tal situação com essas crianças/pessoas ao seu redor.

 Outro sinal é a percepção sensorial, a flor da pele ou como a chamamos = a psicometria. Você já entrou num lugar onde sentiu calafrios? Alguns lugares mais quentes ou mais frios. Isso acontece porque os espíritos são seres de pura energia e nosso campo energético sente quando há a presença de energias iguais ou não, irradiando no ambiente. Ou então ao tocar um objeto você simplesmente sabe a leitura da memória que o toque fez do objeto. Esse dom pode lhe revelar a história guardada na pessoa, no local ou no objeto, com maior ou menor grau de clareza dependendo do desenvolvimento desse dom. Apenas um toque ou um contato é o bastante para conhecer o passado ou a memória guardada ali.

O poder da cura. Você já aliviou alguém só com o contato da sua presença ou toque ou algumas palavras? Absolver pessoas em confissão não é só para padres. Absolver os pecados de alguém não é só para quem se confessa. A palavra pecado já estava nas leis pagãs de Maat. Ler a dor de alguém e conseguir aliviar essa dor só com a intenção disparada é um dom bruxo. O plexo solar tem muito haver com isso, mas é preciso aprimorar todos os dons para se ter resultados bastante favoráveis quando se precisar deles. Absorver as energias ruins e transformá-las em boas ou adequadas afim de promover uma cura é absolver os pecados ou o peso que alguém vem carregando.

Os amigos imaginários são uma das primeiras formas de contato com Elphame e isso se dá em tenra idade. Geralmente esses amigos imaginários se deslocam no tempo e acabam se tornando “guias” espirituais conforme o entendimento e maturidade vão progredindo junto com a idade. O “faz de conta” é uma lembrança de onde viemos. Nós bruxos sabemos que não somos daqui.



Telepatia é outro dom que o pensamento utiliza para ler a mente alheia. A intenção construída sob forma de pensamento racional é emanada para o campo áurico ou enviada para o Akasha. Quando você acessa o akasha ou o campo áurico dos pensamentos de alguém você recebe a informação ali guardada. É como quando alguém lhe manda uma mensagem de sms, da qual você só vai ler se acessar o sms. Precisa haver aqui uma mente receptiva e uma mente emissora. É comum isso acontecer quando você pensa demais numa determinada pessoa que você não vê há muito tempo e logo ela entra em contato ou aparece no seu caminho. Também é comum abrir as portas da telepatia através da leitura da expressão dos rostos, pois existe um padrão para certos comportamentos ou mensagens que só os bruxos reconhecem e decifram com facilidade.

Conexão forte com outras pessoas. Quando a telepatia e a empatia trabalham juntas você pode construir uma coisa que chamamos de “termômetro de humor”, que, quando bem utilizado você vai bater o olho e vai saber quando alguém está bem ou não. Isso pode causar impactos reais e sensação de medo. Até a ciência comprovou que para isso existir é necessário estar emocionalmente e espiritualmente ligado a alguém.

Por um Triz. Existem situações em nossas vidas que o Universo envia sinais que diz que algo pode dar muito errado e quem recebe esses sinais são os bruxos ou pessoas sensitivas que ainda não se reconhecem como bruxos. Lembrando que até uma benzedeira é uma bruxa.

Dons artísticos ou a Aptidão para desenhar ou ainda o Talento para Artes. Criar uma cena ou uma personagem em sua mente e recriar a mesma cena exatamente igual no papel são dons bruxos. A sensibilidade para a arte revela também a antiguidade do dom que você carrega. Desde os primórdios da humanidade, existe uma divisória entre aqueles que podem esboçar alguns poucos objetos e outros que passam a vida inteira tentando conseguir proporções e ângulos sistemáticos, ou seja, o mundo é dividido entre aqueles que sabem desenhar e os que não sabem. O talento para arquitetura, design de interiores, HQs, retratistas, arte-finalista, ilustrador, animador, etc.

Mas quando o dom de desenhar é realmente um dom e quando ele não é? A resposta é simples. Ele é um dom quando você nasce sabendo desenhar sem nunca ter feito curso algum pra isso. Dom é “Gift” = um presente divino. E sim, todo dom merece ser estudado e aprimorado, desde que todos os dons são como músculos, se não usa, atrofiam e você vai ter que pesquisar sobre a diferença entre talento e habilidade, pois as bruxas possuem talentos psíquicos.
Tanto os desenhos quanto a invocação pelo estado alterado de consciência são dons bruxos, os quais postos em prática trazem manifestações e realidades desejadas. Desde tenra idade esses talentos são despontados e geralmente Elphame se mostra neles, alguns acabam virando perfeitos talismãs. 

É totalmente possível invocar seres ou energias através do desenho. Uma das comprovações existentes é a arte da telesmata do artista bruxo Austin Osman Spare. De igual forma, toda invocação (dentro para fora) ou evocação (fora para dentro) deve possuir o formato galanteador dos poetas, das representações em cena, do visionário que vislumbra um acontecimento antes de acontecer ou da projeção do desejo. O fato é que um desenho feito por um bruxo não é somente um desenho, ele possui vida própria.

Admirar as estrelas e saber identificar ocorrências de situações e divisões sazonais. A astrologia surgiu da procura no céu por presságios. Os imortais, também chamados de nakshatras em sânscrito ou manazil em árabe, nada mais são do que as mansões lunares que deram origem a astrologia. De tanto observar o céu foi possível construir uma ciência com muitas vertentes, a qual pode ser estudada hoje em dia e se tornar habilidosos astrólogos. Mas ainda existem pessoas no mundo que nunca estudou astrologia e pode olhar para o céu e prever episódios e eventos. Os planetas são deuses que controlam a vida na Terra e quem sabe interpretá-los, sabe se comunicar com os deuses, seja pela habilidade adquirida por estudos, ou por talento nato.
É por essas razões e dons que podemos afirmar sem medo de errar que bruxaria não é uma religião, mas sim, bruxos podem ou não adotar religiões que contenham feitiçaria ou não. Lembro ainda que não é uma iniciação horizontal que fará você se tornar um bruxo, a menos que você nunca tenha sido bruxo(a) em nenhuma das vidas anteriores. Primeiro a gente se reconhece como bruxo(a), depois a gente se junta aos nossos iguais.

Precisa-se compreender que quando somos tocados por Elphame ou criados por Elphame os deuses e toda a nossa ancestralidade passa habitar em nós e quando despertamos essa consciência, muitas vezes acabamos falando algo para alguém, mas esse algo não veio de nós e sim de Elphame. Somos como “conduítes” de energia e os deuses falam através de nós. Quantas vezes abrimos a boca para falar algo ou chamar atenção de alguém e esse alguém (muitas vezes conduzido pelo ego) acaba brigando ou discordando sem se dar conta de que não é a pessoa quem está falando e sim Elphame falando através dela para dar o recado? É preciso estar atento e lembrar-se das lições. Quem abriu a boca sabe se o que saiu de lá veio dele(a) ou não. Quem ouviu precisa ter maestria na humildade de controlar o ego e se abrir para receber o recado de Elphame.

Elphame é multifacetada e subdivide a Arte Bruxa em tradições diversas. A Rainha de Elphame, Nicnevin foi também chamada de Enódia, Satia, Benzosie, Zobiana, Abundia, Herodiana, Aset, Carline, Diana, Herodias, Hella e Hecate, a senhora das Fadas, da noite, da lua, das encruzilhadas, a guia de tochas incandescentes, a mãe das bruxas e bruxos, senhora dos encantamentos e feitiços de bruxaria. É preciso lembrar que “Fada” é um termo guarda-chuva para “os mortos” na linguagem bruxa. Ela foi conhecida por mais de 10 mil nomes ao todo, em todas as culturas, em todos os países, em todas as línguas, Ela sempre esteve presente e sempre estará, guiando, educando, ensinando, protegendo, realizando, criando, tornando possível, curando, ferindo, testando com ordálias, doando dons, soprando seu hálito feiticeiro, assustando, ajudando, aterrorizando, assombrando e amando. Ela é, foi e será, antes de Deus, durante e depois.

Com ela nós vivemos para sempre!

Possam os “bons vizinhos” e a boa deusa de Alison Pearson te levar para perto das bruxas seelie, as bruxas felizes!

Felizes por conhecer seus próprios dons.

Por Sett.